Notícias


Sexta-feira, 4 de maio de 2018

Unidade de educação infantil do Sol D'Icaraí é entregue em Salto

Divulgação/Prefeitura de Salto
Foto
Durante a inauguração, alunos do Cemus VI realizaram uma apresentação musical

A Prefeitura de Salto, por meio da Secretaria da Educação, inaugurou nesta sexta-feira, dia 4 de maio, a Unidade de Educação Infantil I – Profª Luzia Raquel Roveri, do Jardim Sol D’Icaraí, vinculada ao Cemus VI. Ao todo, foram investidos R$ R$1.757.030,65 por meio do programa Creche Escola, do Governo do Estado de São Paulo e o local deve atender em torno de 130 crianças de até três anos e 11 meses.

O evento contou com a presença do prefeito de Salto, Geraldo Garcia, do secretário da Educação, José Carlos Grigoletto, do deputado federal Herculano Passos Jr, da deputada estadual Rita Passos, e do coordenador de infraestrutura e serviços escolares do Estado de São Paulo, Júlio César Forte Ramos, representando a Secretaria de Estado da Educação.

Também participaram do evento, o presidente da Câmara, Luiz Carlos Batista e os vereadores: Alexandre Martins, Celso Charnoski (Alemão do Santa Cruz), Cícero Landim, Clodoaldo Martins de Oliveira, Divaldo Aparecido dos Santos (Garotinho), Edemilson Pereira dos Santos, José Benedito Carvalho (Macaia), Márcio Conrado, Roberto Natalino Silveira e Vinícius Saudino de Moraes; e demais secretários municipais.

O prédio foi construído com recursos do Governo de São Paulo, por meio do Fundo para o Desenvolvimento da Educação (FDE). Ao todo, são mais de 800 metros quadrados de construção em um terreno de 5 mil metros quadrados de área total. A unidade conta com salas de atividades, berçário, fraldário, lactário, sala multiuso, solário, lavanderia, refeitório, cozinha, pátio, sanitários adaptados para pessoas com deficiência e vestiários.

Durante o seu pronunciamento, o chefe do Executivo falou o trabalho importante dos educadores e da patronesse da unidade. “Esta é uma manhã muito especial não apenas pela entrega do espaço, mas também por compartilhar com as crianças aqui presente um pouco da história das creches no município. Aproveito para agradecer a cada educador que cumpre a sua missão de forma primorosa, e por tudo que fazem pelas crianças da nossa cidade. E faço isso em nome da professora Luzia Raquel Roveri, que dá nome a esta unidade, que tão bem representou os educadores saltenses”, disse o prefeito Geraldo Garcia.

Já o secretário da Educação destacou o empenho da equipe em trabalhar para o pleno funcionamento da unidade. “Agradeço a equipe da Secretaria, a todos os professores, coordenadores, diretores, que mesmo com todas as dificuldades, não mediram esforços para que as obras fossem concluídas”, disse José Carlos Grigoletto.

As obras na unidade de educação infantil estavam com 85% de andamento no início de 2017, porém, com diversos problemas estruturais. Tudo isso inviabilizou o término dos trabalhos, que foram retomados após a Prefeitura de Salto notificar a empresa executora da obra. Além disso, a Secretaria da Educação iniciou um intenso trabalho para a finalização da obra, a compra dos equipamentos, móveis e utensílios, além da contratação e capacitação de novas ADIs.

Homenageada

A cerimônia de inauguração contou com a presença da mãe da homenageada, D. Beatriz Gianotto Roveri e dos filhos Ariane e Guilherme Roveri. Na oportunidade, os alunos do Cemus VI realizaram uma apresentação musical e homenagearam a família da Profa. Luzia Raquel Roveri, com a entrega de um presente.

Nascida em Salto, aos 27 de outubro de 1956, era filha de Beatriz Gianotto Roveri e Carlos Roveri. Mãe de dois filhos, Ariane e Guilherme, pode-se dizer que foi mãe também de inúmeras crianças e adultos das quais educou durante toda sua jornada na educação.

“Dona Luzia”, como era conhecida por muitos, desde criança mostrou seu interesse pela educação. Já aos 13 anos, tinha dezena de alunos particulares, dando aula numa pequena garagem da casa de sua mãe, que ficava onde hoje é o Convívio Dom Pedro II.

Certa de sua missão, formou-se com Licenciatura Plena em Letras, no início de 1979, pela PUC Campinas, mesmo ano em que iniciou sua trajetória como professora do Estado de São Paulo. Anos mais tarde, mais precisamente em 1997, formou-se também em Pedagogia.

A primeira escola em que lecionou foi a Antonio Berreta, em Itu. Depois, durante os 37 anos de magistério estadual, deu aulas em outras escolas ituanas e em Salto lecionou no Cláudio Ribeiro, Leonor Fernandes da Silva, Ana Rita, Joseano Costa Pinto, José Benedito de Rezende, Professora Maria de Lourdes Costela e Professora Otília de Paula Leite, onde ocupou também o cargo de vice-diretora.

Além das escolas estaduais, depois de se formar em pedagogia, em 1997, Professora Luzia decide ingressar no ensino municipal de Salto. Sua primeira escola foi no único Cemus da cidade à época, o Cemus I. Posteriormente foi convidada a ensinar inglês no Cemus IV e também passou pelo Cemus V.

Além de professora, coordenadora e vice-diretora, “Dona Luzia” contribuiu com todo o setor operacional das escolas, em suas secretarias, mais precisamente na montagem dos horários das aulas as unidades escolares.

No dia 10 de junho de 2016, uma parada cardíaca tirou a querida professora Luzia de nós. Depois de 37 anos dedicados ao serviço público, “Dona Luzia” deixou saudade em todos aqueles que, de uma maneira ou de outras, conviveram com essa pessoa que elevou o patamar mais alto a educação.  

Imagem
Facebook