Notícias


Quarta-feira, 12 de julho de 2017

Salto sedia capacitação do Programa Município VerdeAzul

Divulgação/AI Salto
Foto
Primeiro dia do encontro ocorreu na Sala Palma de Ouro

A cidade de Salto sediou pela primeira vez, nos dias 10 e 11 de julho, a supercapacitação do Programa Município VerdeAzul (PMVA), da Secretaria de Estado do Meio Ambiente. A iniciativa ocorreu na Sala Palma de Ouro, no primeiro dia, e na Sala Giuseppe Verdi, no segundo. Salto recebeu representantes de cerca de 400 municípios paulistas. O secretário estadual, Ricardo Salles, esteve na cidade na segunda-feira. Ao lado do prefeito Geraldo Garcia, ele tratou da importância da participação dos municípios nas capacitações.

Geraldo Garcia agradeceu a escolha de Salto para receber este que é um dos mais importantes encontros promovidos pelo governo estadual. Ele aproveitou a ocasião para falar sobre a cidade, que é uma sala de aula a céu aberto na área ambiental. Geraldo citou os parques municipais, a importância do Tietê na formação do município e a implantação do Parque Ilha da Usina, em vias de ser inaugurado. “Eu e minha equipe estamos comprometidos com a questão ambiental”, ressaltou.

A capacitação foi aberta a todos os municípios, mesmo aos que não participaram até o momento do ciclo 2017. Em sua atual edição, o PMVA conta com duas pré-certificações e com um ranking anual, a ser realizado em dezembro. A ideia é, com a supercapacitação, sanar dúvidas técnicas e preparar a próxima pré-certificação, que deve ocorrer em setembro.

Ricardo Salles, secretário estadual do Meio Ambiente, esteve presente em Salto e falou sobre a importância da participação municipal no programa. “O município fortalece sua gestão ambiental e se torna apto a pleitear financiamentos estaduais”. Salles reforçou que a escolha de um interlocutor atuante e participativo pelo município é vital. “O interlocutor é peça fundamental no processo, pois canaliza as preocupações, as prioridades e as oportunidades dos municípios para a secretaria”.

Para o coordenador do projeto, José Walter Figueiredo Silva, este é o momento para o município transformar a sua ação ambiental em um bem global. “Na primeira pré-certificação, realizada na cidade de Mogi das Cruzes, 113 municípios foram pré-certificados. Na próxima, em setembro, esperamos a adesão de todos”.

O PMVA

Lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, tem o propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental. O programa estimula e auxilia as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável.

As ações propostas pelo programa compõem as dez diretivas norteadoras da agenda ambiental local, abrangendo os seguintes temas estratégicos: Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Cidade Sustentável, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho Ambiental.
 

Imagem
Facebook